Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


A MARIONETA DE PUTIN

por João Brito, em 11.03.22

marioneta.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Imagem de perfil

Zé Onofre a 17.03.2022

Boa noite, João
Putin tem uma marioneta, o que acho muito pouco para um homem tão temido. Cristo, que segundo dizem existiu rodeou-se de doze apóstolos .
Não consigo descortinar na gravura quem seja o boneco, só se aquelas estrelas em fundo Azul apontem para a União Europeia.
Pobres Europeus manipulada pelo Ocidente do outro lado do Atlântico e pelo Oriente que da Europa se estende até ao Pacífico.
Quando é que cortaremos os fios que nos manietam e manipulam para tomarmos decisões que não sejam ecos de outrem?
Zé Onofre
Imagem de perfil

João Brito a 17.03.2022

Olá, amigo Zé Onofre. Com efeito, os fantoche e símbolo que Putin manipula e pisa simultaneamente, correspondem à UE e NATO, respectivamente. Uma alegoria que pretende encerrar uma comparação entre a actual realidade que é a guerra de extermínio perpetrada contra uma nação soberana e a chantagem, ao Ocidente, da coação nuclear...
De algum modo dou-lhe razão em relação aos "fios" que nos ligam a um ou outro bloco de influência. No entanto, com todas as vicissitudes que a gente sabe existirem deste lado, prefiro estar "ligado" ao bloco de cá. Isto faz-me lembrar o célebre tratado de Tordesilhas, quando as duas potências marítimas da Península Ibérica, dividiram o mundo entre si...
Vamos esperar, não sem alguma preocupação, que o Armagedão não se concretize...
Cumprimentos,
João Brito
Imagem de perfil

Zé Onofre a 17.03.2022

Boa noite, João
Por mim preferia que não tivesse havido Tordesilhas, que não tivesse havido César, Que não tivesse havido nem Cipião, nem Amílcar,
Não tivesse havido Xerxes, nem os Cem de Leónidas, Nem Alexandre, nem Gengis Can ...
Teríamos, de certeza uma vida diferente, talvez tivéssemos "o necessário, estritamente o necessário", como dizia o urso Balu.
Infelizmente o Homo Sapiens enveredou por um caminho de ambição e ganância e então, hoje, somos marionetes do Homo Insanus.
Zé Onofre

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D